O novo sercretário nacional da RNP+ Brasil, Lucas Soler
Picture
A ideia de institucionalizar a Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV e Aids, a RNP+ Brasil, ganhou destaque durante o IV Encontro da Rede, que terminou na tarde desse domingo em Atibaia, interior paulista. “Ainda iremos discutir muito este assunto, mas talvez essa seja uma opção para melhorar nossa capacidade de captação de recursos com vista à ampliação das nossas ações, mas sem perder a característica de universalidade da Rede”, explicou o novo secretário nacional da RNP+ Brasil, Lucas Soler.

Lucas, que passou a ocupar durante o encontro o cargo deixado por Marco Aurélio da Silva, contou à Agência de Notícias da Aids que os três dias de reuniões foram úteis para além de resgatar as lembranças daqueles que morreram em decorrência do HIV, definir os novos desafios da Rede.

Segundo o ativista, irão constar no documento político do encontro, a necessidade de uma lei que criminalize a discriminação contra os portadores do HIV, sobretudo no âmbito laboral; a importância de se enfrentar a feminização da epidemia, garantindo as mulheres o direito de ser mãe; e a enorme preocupação dos membros da Rede com os constantes desabastecimentos de antirretrovirais e, mais recentemente, dos kits de exame de carga viral.

Este documento elaborado com base nos grupos de trabalho realizados durante o encontro será finalizado e divulgado nas próximas semanas.

Cerca de 250 pessoas participaram do encontro, sendo que apenas 12 não integram a Rede e foram convidados para debates técnicos, como os deputados federal e estadual, respectivamente, Chico D´Angelo (PT-RJ) e Fernando Capez (PSDB), coordenadores das Frentes Parlamentares Nacional e do Estado de São Paulo de Luta contra o HIV e a Aids.

Mais sobre a RNP+

Em 1995, durante a realização do V Encontro Nacional de Pessoas Vivendo com HIV e Aids, o "Vivendo", organizado pelo Grupo Pela Vidda do Rio de Janeiro e Niterói, um grupo de 10 pessoas portadoras do vírus reúnem-se e decidem criar uma rede de pessoas vivendo com HIV/aids seguindo o modelo da GNP+ (Rede mundial de pessoas vivendo com HIV/Aids).


Surge então RNP+ Brasil, uma organização nacional de pessoas vivendo com HIV/aids, sem vínculo político-partidário e religioso, que atua na promoção do fortalecimento das pessoas sorologicamente positivas para o vírus HIV, independente de gênero, orientação sexual, credo, raça/cor ou etnia e nacionalidade.

A Rede busca a defesa dos direitos humanos das pessoas vivendo com HIV; e a criação de núcleos de pessoas soropositivas, apoiando-as na formação de grupos de ajuda-mútua.

Fonte:Redação da Agência de Notícias da Aids

marlene paulino
8/11/2011

bom dia querido amigo Lucas quero parabenizá-lo por você ser o secretário nacional da rnp+brasil
forças fé e dignidade sempre vi em você Deus te ilumine nessa caminhada

marlene s´plente conselho fizcalrnp+rj

Reply
7/28/2013

Thiago Santos
Quem responde este e-mail sou eu LUCAS SOLER Diretor do Espaço Saúde.
Quero informa-lhe que sinceramente quero que você vai pro raio que o parta.
Pessoas como você e que fazem o movimento de AIDS esta a merda que esta.
Afinal so pensam em vir ao evento trepar e correr atras de passeio.

Sinceramente por favor vai caçar o que fazer. Se ainda não percebeu não estamos
nem ai pro que você pensa ou deixa de pensar.
Quanto a falar do trabalho e da entidade dos outros lave sua boca, e vai
trabalhar e construir seu próprio caminho.
Afinal de contas como diz uma pessoa que a gente conhece.

"QUEM É VOCÊ MESMO NA FILA DA CESTA BÁSICA"

E estou passando uma ordem aqui para os colaboradores do ESPAÇO SAÚDE ninguem
mais lhe dar nem satisfação.
Afinal de contas nosso trabalho esta gravado, fotografado e divulgado em nosso
site. Isso é a nossa prestação de contas.
Atenciosamente,

Lucas Soler

Reply



Leave a Reply.

    Autor

    RNP+ Núcleo RJ

    Arquivos

    Maio 2012
    Janeiro 2012
    Agosto 2011

    Categorias

    All